Sobre

Mario Feitosa, de 86, nasceu em São Paulo, mas teve seu coração roubado por Pernambuco, onde hoje vive.

É Information Technology Specialist por profissão, rodando nos últimos dez anos as principais agências de publicidade do país, – o que provavelmente o fez enfiar ainda mais a cara no mundo das Artes – mas, de coração, não passa de um amante da beleza.

Capricorniano intragável, a teimosia faz da vida uma montanha a ser escalada, tirando das profundas reflexões e debates a energia para essa empresa.

Desde garotinho conheceu a música, e nunca mais se largaram… É um casamento feliz rs.

Instrumentista (declaradamente apaixonado por contrabaixos), vocalista e compositor, está em produção de seu primeiro álbum conceitual, o “Sete tons mais tudo que há no meio”.

Nas noitadas e sempre que pode, desempenha, também, o papel de colunista e poeta, escrevendo no Covil da Discórdia, seu blog de coração e alma, e gerenciando uma fanpage.

Em sua adolescência, recebeu formação informal em Filosofia e Teologia. Escancara sua paixão por Aristóteles em seus podcasts e nos materiais que produz.

Paga de bom moço mas no fundo não passa de um boêmio, apaixonado pela noite e sua formas.